Back to contents

Medicamentos anti-VIH

A informação nesta brochura pretende ser um ponto de partida para qualquer pessoa que quiera saber mais sobre o tratamento para a infeção pelo VIH. Contém informações básicas sobre medicamentos que tratam o VIH – conhecidos como medicamentos antirretrovirais.

Esta brochura foi escrita para ajudar a decidir quais as perguntas a fazer ao médico sobre qualquer um dos regimes terapêuticos que se queira considerar, mas não substitui a discussão com o médico sobre a opção do tratamento.

As informações contidas nesta brochura foram revistas por um painel de médicos especialistas e inclui informações sobre questões como efeitos secundários e interações medicamentosas (com medicamentos antirretrovirais e outros medicamentos). Para uma informação detalhada sobre os efeitos secundários e as interações entre medicamentos, consulte o folheto informativo de cada fármaco produzido pela empresa farmacêutica.

As informações aqui contidas eram válidas aquando da impressão desta brochura, em dezembro de 2014, e são relativas a medicamentos que foram aprovados para a comercialização na União Europeia.  

  • Objetivo do tratamento

    O VIH é um retrovírus que ataca o sistema imunitário – o sistema de defesa do organismo contra infeções e doenças. Quando se tem a infeção pelo...

  • Quando iniciar o tratamento

    As linhas orientadoras para o tratamento para o VIH baseiam-se nas evidências de ensaios clínicos e investigação científica. Tendo-o em conta, bem como as circunstâncias individuais de...

  • Conversar com o médico

    A terapêutica antirretroviral é um compromisso a longo prazo. Atualmente, quando se inicia a terapêutica, é provável que a toma seja para o resto da vida. Para que...

  • Como são dispensados os medicamentos antirretrovirais

    O médico infeciologista prescreve o tratamento antirretroviral na consulta de rotina no hospital e os medicamentos são levantados na farmácia do hospital. Regra geral, o médico prescreve...

  • Medicamentos genéricos

    Aos fármacos são atribuídos vários nomes:  Em primeiro lugar, o nome enquanto medicamento a ser investigado baseado na composição química ou no produtor, por exemplo: DMP266;Em segundo lugar, o...

  • Tipos de medicamentos antirretrovirais

    Existem seis tipos principais (“classes”) de medicamentos antirretrovirais:  Os inibidores nucleósidos da transcriptase reversa análogos (INTR) e osinibidores nucleótidosda transcriptase reversa análogos (INTRt), que têm como alvo uma proteína...

  • Regimes de comprimido único

    Atualmente existem “combinações de dose fixa” que combinam três medicamentos antirretrovirais de mais de uma classe de medicamentos num único comprimido. Isto permite que muitas pessoas sob tratamento...

  • Inibidores nucleósidos/nucleótidos da transcriptase reversa análogos (INTR/INTRt)

    Hoje em dia, a maioria das pessoas toma estes medicamentos numa combinação de dose fixa, que combina vários medicamentos. Nesta brochura estão primeiro listadas as combinações de dose...

  • Inibidores da integrase

    Nomes: Dolutegravir, Tivicay® Dosagem aprovada: Um comprimido amarelo de 50 mg por dia. O dolutegravir deve ser tomado duas vezes por dia se tomado com o...

  • Inibidores da transcriptase reversa não nucleósidos (INNTR)

    Nomes: efavirenze, Sustiva® Dosagem aprovada: O efavirenze está disponível como medicamento genérico, pelo que o seu aspeto poderá variar. Está geralmente disponível em comprimido de 600 mg...

  • Inibidores da protease

    A maioria dos inibidores da protease é prescrita com um outro medicamento (também um inibidor da protease), designado por ritonavir. O ritonavir é usado para potenciar os...

  • Inibidores do CCR5

    Nomes: maraviroc, Celsentri®  Dosagem aprovada: A dose do maraviroc depende dos outros medicamentos antirretrovirais que se esteja a tomar. O médico infeciologista ou o farmacêutico irá decidir qual...

  • Inibidores da fusão

    Atualmente existe um único medicamento na classe dos inibidores da fusão, designado por T-20 (enfuvirtide, Fuzeon®). É apenas prescrito em circunstâncias muito raras e específicas. Qualquer pessoa que...

Community Consensus Statement on Access to HIV Treatment and its Use for Prevention

Together, we can make it happen

We can end HIV soon if people have equal access to HIV drugs as treatment and as PrEP, and have free choice over whether to take them.

Launched today, the Community Consensus Statement is a basic set of principles aimed at making sure that happens.

The Community Consensus Statement is a joint initiative of AVAC, EATG, MSMGF, GNP+, HIV i-Base, the International HIV/AIDS Alliance, ITPC and NAM/aidsmap
close

This content was checked for accuracy at the time it was written. It may have been superseded by more recent developments. NAM recommends checking whether this is the most current information when making decisions that may affect your health.

NAM’s information is intended to support, rather than replace, consultation with a healthcare professional. Talk to your doctor or another member of your healthcare team for advice tailored to your situation.